E-Commerce

Saiba Mais

Marketing e mercado

PRECIFICAÇÃO DOS PRODUTOS!

Por Adbox Commerce | Terça-feira, 24 de abril de 2018

Como tudo afetado pela tecnologia, o varejo vem se reformulando constantemente. Hoje em dia, ter mais de um canal de vendas não é mais uma novidade, mas fundamental para sua loja permanecer no mercado. Isso porque a internet trouxe mais comodidade e alternativas ao cliente, tendo em vista que, se o comprador encontrar sua loja fechada, ele não vai esperar reabrir.

Desta forma, vender por mais de um meio significa oferecer uma completa experiência de compra para o usuário. Por isso, definir o valor do seu produto na loja física e, ao mesmo tempo, online, exige boas estratégias e os investimentos variam conforme os tipos de estabelecimento, por exemplo:

Espaço físico: as aplicações básicas ocorrem antes mesmo da inauguração, como escolha estratégica de ponto, capacitação e seleção de profissionais, aluguel, promoções etc. Todos esses quesitos são embutidos no preço do produto, além da margem de lucro que você definir.

Plataforma virtual: mesmo se poupando de alguns encargos exclusivos da loja física, há tantos investimentos quanto, visto que seu comércio só será visto se divulgado! Lembre-se que enfatizar o setor publicitário é indispensável para o sucesso do e-commerce. Portanto, use e abuse das ferramentas e estratégias de marketing. Porque, assim como no espaço físico, você só terá vendas quando o cliente entrar em sua loja.

Tendo como base este conceito e uma rápida pesquisa no varejo online e físico, não se nota grande diferença de preços, já que não há muita variação de custos. Aliás, definir a política de preços é fundamental para que a engrenagem do seu e-commerce funcione positivamente.

Aqui, a ideia é balancear um valor que, ao mesmo tempo em que você tenha lucro, motive o comprador a finalizar a compra no momento da busca. Além disso, a política de preços visa definir um público alvo, melhorar resultados, gerar tomada pelo empreendedor.

Desta forma, o aspecto mercadológico não pode ser deixado de lado. Em outras palavras, o do seu e-commerce deve estar compatível com as outras lojas, sempre levando em consideração o valor de frete, DIFAL e vários outros encargos embutidos no preço do produto.

Também não acredite que a tarefa acabou quando você definir o valor do seu produto, pois existe a necessidade de reprecificação, ou seja, um trabalho de inteligência que vai além do monitoramento de concorrentes e canais. A alteração de preço varia conforme alteração da estratégia, aumento/diminuição de custos e, desta forma, permite agilidade de mercado e competitividade comercial.

Ao moldar uma política de preços, mantenha certa cautela, já que vender bastante não significa obter grandes lucros. Muito pelo contrário. Há casos em que guerra de preços e os saldões resultam em prejuízo para o e-commerce.

À rigor, precificar não é tão simples, já que exige cálculo com base em multas variáveis e um propósito geral: aumento de vendas e de lucro. Compreenda os impostos, o custo operacional e o de produto. Assim, seu e-commerce vai adiante, conforme suas diretrizes.

Compartilhe:

DEIXE AQUI SEUS DADOS
Entraremos em contato o mais breve possível!

Suas informações estão seguras conosco.

Não enviamos SPAM nem venderemos seus dados para terceiros.